A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
K
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
W
X
Y
Z

 

  GLOSSÁRIO DE TERMOS USADOS NOS TEXTOS
DAS PUBLICAÇÕES DA ABRA-PC ©

Atlz: 16jun12

NOTA: As definições aqui apresentadas têm a única finalidade de auxiliar no entendimento dos textos "publicados" neste "site". 

.50, ponto cinquenta = metralhadoras cujo diâmetro dos projéteis são de 0,5 polegadas ("0.50 inches" ou aproximadamente 13 milímetros).

0000 P = Zero horas(00) e zero minutos (00) no fuso horário do Leste do Brasil (P)

4 por Chopp = prova de destreza que faz parte de competição "esportiva" entre os Pilotos de Caça. Consiste de revezamento de quatro pilotos por cada time (esquadrão). A partir de um ponto, um piloto de cada vez corre para uma mesa com tulipas cheias de chopp, bebe uma tulipa volta correndo e é revezado por outro. Derramar qualquer quantidade, do precioso líquido, desclassifica toda equipe!

3o B = Uniforme 3o B, mais especificamente é o uniforme da FAB que correspondia ao "smoking" dos civís. Neste uniforme, a túnica ("paletó") a calça e o quepe eram na cor azul "Baratéia". A camisa de manga comprida era branca, a gravata de estilo normal preta ( a gravata borboleta era usada no "3o A") e o sapato preto.

5o A = Uniforme 5o A, mais especificamente é o uniforme da FAB que correspondia ao "passeio completo" dos civís. Este uniforme, mais conhecido por sua cor "Baratéia" (cor azul baratéia), foi desativado e substituído pela cor atual cor "Azul Aeronáutica" que é mais escura (consulte a palavra "baratéia").

5F-1 = As missões de vôo na Força Aérea, principalmente as de instrução, têm uma codificação. Neste caso 5 indica o tipo de missão, ou seja, vôo de esquadrilha (formatura); o "F" indica que é uma missão de Caça (Fighter) e; o "1" indica que é o primeiro tipo (mais simples) de missão de instrução de vôo de formatura.

As missões de vôo de caça mais empregadas têm as seguintes designações: 

  • 1F- Adaptação diurna (Pré-solo e solo)
  • 2F- Instrumento Básico (VI- voo por instrumento)
  • 3F- Instrumento Avançado (VI)
  • 4F- Adaptação Noturna
  • 5F- Formatura
  • 6F- Navegação
  • 7F- Tiro Terrestre (TT)
  • 8F- Bombardeio  
  • -------
  • 10F - Lançamento de foguetes (LF)
  • 11F - Combate Aéreo
  • 12F- Lançamento de Míssil
  • 15F- Tiro Aéreo
  • 16F- Reboque de Tiro Aéreo
  • 17F- Experiência
  • -------
  • 21F- Alinhamento de Sensores
  • -------
  • 23F- Vôo Administrativo ("coca-cola")
  • 24F- Desfile Aéreo (demonstração)
  • 25F- Traslado da aeronave
  • -------
  • 34F- Ataque
  • -------
  • 36F- Cobertura
  • 37F- Controle Aéreo Avançado (CAA)
  • -------
  • 39F- Escolta
  • -------
  • 44F- Interceptação
  • -------
  • 56F- Patrulha Aérea de Combate (PAC)
  • -------
  • 58F- Reabastecimento em vôo (REVO)
  • -------
  • 60F- Reconhecimento Armado
  • -------
  • 64F- Reconhecimento Visual
  • -------
  • 71F- Varredura

6 horas = ato do inimigo se aproximar por trás (usa-se as posições dos números do mostrador do relógio como referência; 12 horas é na frente...)

7/8 de nuvens = para simplificar a compreensão da "cobertura" das nuvens no céu, em um aeródromo qualquer, convencionou-se imaginar a divisão de toda a área do céu, sobre aquele local (zenite do local), em oito partes, como os cortes de uma pizza centrada exatamente sobre o local. Por exemplo, se tivermos a metade do céu com nuvens, a cobertura será de 4/8. No caso, 7/8, o céu está quase todo encoberto.

12% de R.P.M = as turbinas dos aviões giram com muito alta velocidade de rotação. Sendo assim ficaria muito difícil para os pilotos memorizar as velocidades de rotação para cada regime utilizado. Desta maneira, para facilitar, as velocidades de rotação das turbinas são designadas em função da sua rotação máxima normal (100%).

17F = consulte o item 5F-1 acima.

20 KM NIL 8SC600 = Antiga codificação de boletim meteorológico, que significava: 20 quilômetros(km) de visibilidade, nada de anormal (NIL) e camada de nuvens tipo estrato-cúmulo (SC) a 600 (seiscentos) metros, cobrindo todo céu (oito oitavos da área do céu).
A codificação atual (2015) tem, por exemplo, a seguinte representação: METAR SBCT 130300Z 07002KT 6000 -RA BKN003 OVC006 12/12 Q1020. Traduzindo: Meteorological Aerodrome Report (Observação Meteorológica de Aeródromo) (METAR) - do aeroporto de Curitiba (SBCT) - das 0300Z (três horas da manhã no fuso horário padrão Zulu - meia noite local) do dia 13 - vento da direção 70o com 02 Kt de intensidade (07002KT) - visibilidade de 6000 metros (6000) - chuva (RA) - nublado (muitas nuvens) a 300 pés de altura (BKN003) - céu tutalmente encoberto (nuvens) a 600 pés de altura (OVC006) - temperatura do ar 12o e ponto de orvalho 12o (12/12) - pressão atmosférica de 1020mb (Q1020).

20 mm = projéteis de canhão de 20 milímetros de diâmetro (calibre). 

22 de abril = data em que anualmente é comemorado o dia da Aviação de Caça brasileira. Nessa data em 1945 o 1o Grupo de Aviação de Caça brasileiro cumpriu 44 sortidas de ataque (com apenas 22 pilotos no seu efetivo) acasionando o maior número de alvos destruidos/danificados por uma só unidade sobre o solo de guerra italiano, considerando-se aí a totalidade das unidades de aviação de caça aliada naquele teatro de operações. 

30 Ghz = 30 gigahertz ou 30 bilhões de ciclos por segundo. Esta faixa de frequência é denominada de "Faixa K" e vai de 11 Ghz a 30 Ghz.

40 = canhão anti-aéreo de calibre 40mm dos alemães. 

100 pés longos no eixo = acertar o alvo distante 100 pés (± 30 metros) do ponto central do alvo (mosca) no sentido de ataque (eixo de ataque).

180 graus = fazer uma curva de 180 graus, ou seja, fazer meia volta e tomar o sentido inverso. 

345 ou 345o = Esquadrão "Devil Hawk" (Gavião Diabo) do "Corpo Aéreo" do Exército Americano. Um dos outros três esquadrões que faziam parte do Grupo Americano a que também pertencia o 1o Grupo de Aviação de Caça na Itália (considerado pelos americanos, para efeito de efetivo, como um esquadrão). 

346 ou 346o = Esquadrão "Checker Board" (Tabuleiro de Xadrez) do "Corpo Aéreo" do Exército Americano.Um dos outros três outros esquadrões que faziam parte do Grupo Americano a que também pertencia o 1o Grupo de Aviação de Caça na Itália. 

347 ou 347o = Esquadrão "Screaming Red Ass" (Jegue Vermelho relinchando) do "Corpo Aéreo" do Exército. Um dos outros três outros esquadrões que faziam parte do Grupo Americano a que também pertencia o 1o Grupo de Aviação de Caça na Itália. Americano.

1001, 1002, 1003... = contagem que indica ao piloto, com bastante precisão, a passagem dos segundos. No caso o intervalo de três segundos é o tempo de espaçamento entre as aeronaves que fazem um pilofe na esquadrilha. 

4910 = número de matrícula primeiro Mirage III da FAB. As matrículas dos aviões da FAB têm sempre 4 dígitos numerais que são pronunciados dígito por dígito (quatro, nove, uno, zero). Os aviões de Caça começam em 4 ou 5.

14.100 = refere-se às rotações por minuto (RPM) do motor turbojato dos aviões Gloster Meteor. Antigamente as rotações dos motores à jato eram medidas em RPM, atualmente essa medida é feita em percentuais da rotação máxima permitida. No caso 14.100 RPM equivaliam a 100%. 


Exibir # 
a
b
c
d
e
f
g
h
i
j

 

Temos 14 visitantes e Nenhum membro online